Seguidores

terça-feira, 16 de junho de 2015

Conversando...

Que move os portugueses?

O que é que verdadeiramente lhes interessa?

O que é que os preocupa?

O que consideram que o seu voto pode alterar?

Consideram que votar é além de um direito uma
hipótese de provocar mudanças?

Os portugueses ficaram APÁTICOS?

Os portugueses já não acreditam nos Partidos Políticos?

Os portugueses após 4 anos de um Governo:
que desconsiderou várias classes profissionais;
os pensionistas e reformados;
que prejudicou imenso a área da educação e saúde;
as crianças;
que os ministros tiveram muita arrogância ao se dirigir aos portugueses;

E teve para tudo isso a cobertura do Presidente da República que deveria
ser o Presidente de todos os portugueses;

pensam o quê? Decidem o quê? Vão votar em força ou vão ficar em
casa? Não sei!!!

Faltam-me as respostas. As sondagens estão a “ser fabricadas” ou
são verdadeiras?

Sinceramente eu gostava de ter referências sobre o pensamento do
povo português, e penso que a única maneira de ficar a saber
alguma coisa, será a sua decisão no dia das próximas eleições
legislativas e presidenciais.

Aguardo com ansiedade esses dias.

Irene Alves



5 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Irenamiga

O povo português quer sopas e descanso e comentar a transferência do Jesus para o Sporting. O povo português é um banana. Por que raios eu nasci em Lisboa e por isso faço parte do povo português. Do que até e muitas vezes tenho vergonha de o ser. O que é uma grande porra!

Por mim vou votar e sei bem em quem, nas legislativas e nas presidenciais...

Qjs do

Pernoca Marota

Nidja Andrade disse...

Simplesmente ímpar!...
AbraçO

sandrasofiagoncalvesafonso disse...

Tambem não consigo pensar nessas respostas!! É difícil responder a essas perguntas todas!! Muitos cumprimentos,feliz quarta-feira e até breve!!

Elisabete disse...

Cada vez menos portugueses acreditam nos políticos, não interessa o partido.
Que tenha um bom dia, Irene!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, eu sei bem a quem votar, de certeza que não foto na arrogância na direita, nunca votei neles e muito menos no residente de Belém que fala e fala e torna a falar e quanto mais fala menos diz.
A direita vai fazer uma campanha de terror para que os portugueses fiquem com medo e votem neles, como se eles fossem no futuro a salvação da desgraça que cerca de dois milhões foram vitimas da incompetência deles.
AG