Seguidores

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

FELICIDADE
       Célia Laborne Tavares

       Vamos brincar de felicidade?
       Você pode escolher as cores e o ambiente; eu distribuirei o primeiro sorriso, destinado à multiplicação e você o acolherá como se fosse definitivo e imperecível.
       Eu direi a primeira palavra amável e você a guardará para que a qualquer momento possamos transformá-la em mil outras e alegrar o mundo inteiro.
       Falarei sobre o sol e o céu muito azul, então tudo ficará positivamente iluminado. Lembrarei as horas de festa e faremos com que todos participem do encantamento.
       Há um segredo dentro de cada hora à espera de que o libertemos mas, talvez só os sábios ou os puros tenham tido oportunidade de decifrá-lo, sem mágoas e sem tormentos.
       Vamos hoje insistir firmemente para que tudo seja belo, saudável e feliz. Vamos brincar de harmonia como se fossem muito nossos esses dons que recebemos e que muitas vezes, guardamos egoisticamente.
       Cada um colherá junto de nós a primeira rosa branca para a oferta; a primeira palavra para o estímulo, o primeiro gesto para a compreensão. É o canto inicial da redenção.
       E, é bem possível que, quando menos esperarmos, toda nossa brincadeira será a mais espantosa realidade – como se de nossas mãos pudesse brotar o milagre de chamar a paz e retê-la ao nosso lado.
       Vamos brincar hoje, intensamente de felicidade e tudo então será possível e realizável.


 imagem: raluka daniel

6 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Belo texto, adorei

beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Dilmar Gomes disse...

Cara amiga Irene, se conseguíssemos transformar o mundo real conforme
nossa aspiração de mundo ideal,
tudo seria tão bom.
Tenhas um lindo fim de semana.
Um abraço daqui do sul do Brasil.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, a felicidade de hoje a brincar pode ser a felicidade firme do amanhã e para sempre, gosto do azul, parece-me ser a cor que transmite paz e felicidade.
AG

Elisabete disse...

Olhe que texto lindo!
Bjs

manuela barroso disse...

Se todos pensarem assim, creio que a realidade será mesmo um sonho possível!
Beijinhos, Irene

Luma Rosa disse...

Oi, Irene!
Bom seria se essa brincadeira fosse real, mas podemos "treinar" a nossa mente para reconhecer mais as coisas boas que acontecem no dia a dia. O pensamento vicioso para a negatividade, pode levar as pessoas a não ver a beleza da vida.
:)
Beijus,