Seguidores

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Extraído da página de um amiga do Facebook

Porque achei interessante...trouxe para quem talvez não saiba da obra feita........................................................................................................................
Este governo tem feito coisas, é um facto. Tem deixado “obra feita”. Na medida em que transformou, radicalmente, a nossa realidade, pode dizer-se que tem deixado “obra feita”. Os resultados económicos e sociais são visíveis. Um desemprego sem precedentes, mascarado por uma emigração sem precedentes e por um volume de estágios sem precedentes. Cortes nos direitos e nos salários dos trabalhadores sem precedentes, cortes nas reformas e nas pensões sem precedentes, cortes nos subsídios - incluindo os doença e de desemprego - sem precedentes. Muito mais pobreza e muito mais desigualdade no país da OCDE onde os níveis de desigualdade já eram os maiores. Tudo isto é “obra feita”…. Debilitou o Estado Social, expropriou o Estado de funções - incluindo as Sociais - regalou os privados com o património empresarial público. Tudo isto é “obra feita”… E porque tudo isto é “obra feita”, Pedro Passos Coelho tem todo o direito de a reclamar como sua, pedindo aos portugueses que “não deitem tudo a perder em 2015”. Pedro Passos Coelho tem todo o direito de pedir aos portugueses que não queiram recuperar tudo o que perderam na sua legislatura. Mas fazer deste apelo o êxtase do seu discurso Eleitoral [de Natal...] não só é um direito como é puro descaramento...
P Albuquerque Dias
(através de Clara Costa)

8 comentários:

Lilá(s) disse...

Estou tão farta deles...mas é hora de desejar:

ೋ ♫ FELIZ ANO 2015 ♫ ೋ

Bom Ano 2015 ,com muita saúde ,paz e alegria!

Beijinhos

Cidália Ferreira disse...

Texto importante, gostei!

Feliz ano de 2015

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

O Árabe disse...

Não é só aí, Irene, acredita; também aqui temos esta obra (mal) feita! Que 2015 traga tudo de bom para ti e os teus, amiga; feliz Ano Novo, boa semana.

SOL da Esteva disse...

Um tratado exemplar do(s) desgoverno(s) a que somos sujeitos. É obra!
Se não houver um qualquer S. Silvestre que corra com a gente que se governa, então estaremos "feitos".
Na esperança de que algo irá mudar, desejo, do coração, tenhas um Ano Novo melhor que o que passou, ou está a passar.


Beijos


SOL

Magia da Inês disse...



FELIZ ANO NOVO ♫♬° ·.
HAPPY 2015!!!
ིه° ·.

Observador disse...

Está (quase) tudo no texto.
Bom ano, Irene.

. intemporal . disse...

.

.

. não fora o respeito que tenho por Si . irene . e saberia desde já quais as três palavras que para mim resumem esse traste .

.

. um beijo meu .

.

.

O Puma disse...

Coelho ainda à solta