Seguidores

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Manuela Ferreira Leite

A eventual descida da sobretaxa do IRS em 2016 se, no próximo ano, o aumento das receitas do IVA e IRS ficar acima de 947 milhões de euros, foi na noite desta quinta-feira arrasada por Manuela Ferreira Leite.
No seu habitual comentário no Programa Política Mesmo da TVI 24, a antiga presidente do PSD considerou a medida “imaginativa” e afirmou que, mesmo estando inscrita no Orçamento do Estado, “não tem qualquer valor” porque o OE só vale para 2015.
Ferreira Leite considerou mesmo que a medida é inconstitucional e mostra que o CDS, que desejou uma descida do imposto já em 2015, sai derrotado e “não consegue enganar os portugueses”.
A antiga líder social-democrata considerou mesmo que o que acontceu com o IRS é “um descalabro perfeito da derrocada CDS” que “já perdeu os velhinhos” e pensa que pode ir atrás da classe média.
Sobre o OE em geral, Ferreira Leite quase o resumiu a uma frase: “A troika não desdenharia este Orçamento do Estado”.

1 comentário:

Cidália Ferreira disse...

Enfim... cada vez entendo menos, lool

Bom fim de semana
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/