Seguidores

domingo, 14 de setembro de 2014

O mais importante é devolver o Novo Banco ao mercado, "de moodo a prejudicar o menos possível a economia e as empresas portuguesas".

É a primeira vez que um membro do Governo comenta a saída da equipa de Vítor Bento do Novo Banco. O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, deixou no ar um tom de crítica e defendeu que os bancos gerem-se “por gente com espírito de missão”.

No encerramento da “escola de quadros” do CDS-PP, em Peniche, Portas afirmou que as “etapas difíceis” têm que ser ultrapassadas por “gente profissional”.

"Os bancos gerem-se por gente que tenha espírito de missão, e que em qualquer circunstância perceba que o interesse nacional é superior a qualquer interesse pessoal”.

Para o governante, o principal é ter uma administração que perceba a importância de devolver o Novo Banco ao mercado, “de modo a prejudicar o menos possível a economia e as empresas” portuguesas.

O banqueiro Eduardo Stock da Cunha, de 51 anos, foi convidado para assumir a presidência do Novo Banco. O anúncio oficial deve ser feito durante a tarde, segundo avança o site do “Expresso”.

A equipa de gestão da instituição, liderada por Vitor Bento, confirmou em comunicado que,
durante a semana, apresentou ao Fundo de Resolução e ao Banco de Portugal a intenção
de renunciar aos cargos.
João Moreira Rato, José Honrório e Vitor Bento, assumiram que não saem "em conflito",
mas porque as circunstâncias alteraram a "natureza do desafio" com base na qual
aceitaram a missão.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

E EU PERGUNTO: O GOVERNO ASSUME AS SUAS RESPONSABILIDADES?

 

11 comentários:

Profª Lourdes disse...

Boa tarde!
Amiga, ultimamente demoro nas visitas é que já não sou mais nenhuma jovem, mas como ainda estou na ativa, em sala de aula, requer que esteja sempre atualizada, não só eu como todos os colegas, estamos fazendo um curso aos sábados e consequentemente ficam muitas tarefas nos finais de semana.
A Jovem que estava comigo a alguns anos, considerando da família, pois tinha toda minha confiança, mudou de endereço e ainda estou só com os afazeres de casa. Justifico, porque em algumas vezes não uso da mesma gentileza nas visitas como gostaria. Entro no face porque é bem mais rápido. Nos Blogs, organizo as postagens quando me sobra um tempinho e sempre estou visitando com um comentário colado o qual peço desculpas.
O importante é que está aqui é um prazer e acima de tudo um novo aprendizado com suas postagens.
Abraços, um domingo de paz e um início de semana iluminado pela Luz Divina.
Lourdes Duarte.
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

Observador disse...

Portas falava em nome de quem?
Se dele próprio, compreende-se. Bento nunca foi do seu agrado.
Se o fez como governante, deveria ter vergonha. Ou despreza o facto de Bento e a sua equipa terem sido indicados para uma tarefa que lhe foi retirada logo após?
Esteve mal, Paulo Portas.

Cidália Ferreira disse...

Sou sincera.. não entendo nada disto.. faz-me muita confusão.

Deixo um beijo grande
O obrigada pelo carinho

Mira disse...

Irene, que dizer? nem sabemos bem o que
se passa, mas para o povo nada de bom,
beijos amiga

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Irenamiga

Mas ainda há alguém que acredite neste senhor? Ah, esta afirmação será irrevogável? E o "espírito de missão" paga-se em €€€?

Qjs

ONG ALERTA disse...

Mudanças são sempre bem-vindas, sorte.
Beijo lisette.

vendedor de ilusão disse...

Olá Irene!
Mesmo não sendo profundo conhecedor de assuntos contemporâneos, mormente político-econômicos ligados ao Velho-Mundo, apreciei as vossas postagens. Aproveito para agradecer a honrosa visita. Desnecessário seria dizer que causou-me lisonja e, portanto, voltes sempre. A casa é tua!
Cordiais saudações.

Elisabete disse...

O buraco há de ser bem profundo. Estamos para ver como os antigos administradores vão ser responsabilizados e se o vão ser...
Enfim!
Um beijo grande para a Irene

O Árabe disse...

Também aqui, Irene, a má gestão dos bancos é um problema que afeta diretamente a maior vítima de todas as bandalhos: o povo. :( Boa semana, amiga!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Irene! Passando para agradecer a tua visita, teu gentil comentário e, principalmente, para te parabenizar pelo teu aniversário. Que DEUS te abençoe, te proteja, e permita que esta comemoração seja repetida por muitos anos, sempre contigo apagando as velinhas do bolo. Quanto ao post, me é difícil comentar, pois desconheço o assunto.

Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

Vieira Calado disse...

Ai se fosse eu a mandar...
Saudações minhas!